mulher.

.

sexta-feira, 24 de setembro de 2010

Recomeçar a vida profissional



VOLTANDO AO MERCADO DE TRABALHO

 
Como recomeçar a vida profissional depois de um longo afastamento, seja por desemprego, sabático ou qualquer outro motivo? Temos cinco dicas para você. Confira.
• Você agradece quem lhe ajuda? Pois saiba que ligar e dizer “muito obrigado por sua indicação”, ou “você me deu excelentes dicas e por causa delas estou aqui” vão torná-lo inesquecível para uma porção de gente, mesmo aquelas que você ainda não conheceu. A maioria das pessoas acaba por esquecer-se de quem lhes dá apoio depois de passada a crise. Não seja como a maioria. Faça a diferença – seja gentil!
• Você está disposto a ter de provar o quanto é bom? É natural você achar que merece a chance que teve. Mas o mundo dos negócios não funciona assim. Como diz Rita Lee, “mamãe natureza não dá sobremesa”. Então, esteja disposto e disponível para provar que você é o melhor. Responda as perguntas de maneira autoconfiante, proponha soluções, não tenha medo de dar opiniões em assuntos que lhe concernem. Esta é a melhor e única maneira de mostrar que você está “vivo” e “esperto”.
• Você é capaz de ser diferente do que era? Um novo emprego é como o primeiro dia de aula na faculdade. Um mundo novo está se abrindo e você deve encará-lo como uma ótima chance para se “reinventar”, para deixar de ser a pessoa que era. Por exemplo, se você tinha a reputação de ser uma pessoa que perdia a paciência com muita rapidez, controle-se.
• Você consegue guardar dinheiro? É muito tentador, depois de uma longa “seca”, querer gastar o dinheiro do primeiro salário com lazer ou diversão. Não tem problema, desde que não perca de vista que é necessário refazer as reservar e pagar as dívidas. Economize desde o primeiro salário para criar o hábito.
• Você solicita feedback? No Brasil, os profissionais não tem o saudável hábito de conversar com chefes, colegas, subordinados, fornecedores e clientes a respeito do próprio trabalho. E nada mais importante para autoavaliar-se do que o feedback. As opiniões dessas pessoas podem ajudá-lo a melhorar os processos, o seu desempenho e, principalmente, evitar problemas que podem levar a um outro período de desemprego.


Não há profissional que não se tenha “queimado” em algum período da sua carreira – e que tenha renascido das cinzas, como a fênix.


Usando estas dicas, você poderá, mais do que renascer, voar bem alto para onde quiser.


TOP CARREIRA- Orientador profissional Bumeran

Nenhum comentário:

Postar um comentário